Notícias

Voltar

Frutos saudáveis e bem formados

20.06.2017

Perspectiva é de uma colheita recorde nos pomares da região da cooperativa

Com a expectativa de atingir sua maior produção até o momento, ao redor de 1,5 caixa de 40,8 quilos por planta, a Cocamar deu início à colheita de laranja em sua Unidade de Difusão de Tecnologias (UDT) em Guairaçá, município vizinho a Paranavaí, no noroeste paranaense. As plantas ainda se encontram em fase de formação e apresentam potencial para produzir 2,5 caixas em média.

Dos 198 hectares da UDT, 135 são ocupados por pomares de laranja irrigados, com idade entre quatro e oito anos. A média é de 600 plantas por hectare e, segundo o técnico agrícola Jeferson da Silva Barreto, responsável pela área, a expectativa é que sejam colhidas 963 caixas em média por hectare. No ciclo passado, em decorrência de problemas climáticos, como a estiagem e o calor forte na fase de floração, a produtividade foi severamente prejudicada.

A colheita na unidade demonstrativa da Cocamar sinaliza para o começo dos trabalhos, também, nas propriedades dos citricultores cooperados, distribuídos pelas regiões noroeste e norte do estado. A previsão da Cocamar é receber 7,3 milhões de caixas, a serem processadas pela unidade industrial da Louis Dreyfus Commodities (LDC) em Paranavaí (PR).

“As laranjas estão bem formadas, saudáveis e com coloração amarela mais intensa”, assinala o coordenador técnico de culturas perenes da cooperativa, engenheiro agrônomo Robson Ferreira. O bom momento dos pomares coincide com uma fase favorável do mercado, que oferece preços remuneradores, alavancados pelo desequilíbrio entre oferta e demanda internacionais nos últimos anos.