Notícias

Voltar

Aumenta produção de resíduos mistos e rações

07.08.2017

Utilizando subprodutos do processamento industrial de grãos, em Maringá, a Cocamar elabora um resíduo misto de grande procura, por parte dos pecuaristas, que o destinam à alimentação de gado de corte. Em julho, a produção atingiu 4.214 toneladas, um recorde, considerando a média mensal ao redor de 3.500 toneladas.

O zootecnista Joel Murakami, coordenador de Pecuária da cooperativa, explica que o produto, devido ao seu valor nutritivo, é normalmente bastante demandado para suprir parte da alimentação dos rebanhos. Murakami acrescenta que com as geadas ocorridas neste ano, as pastagens foram ainda mais afetadas, obrigando os produtores a ampliarem as compras desse subproduto na cooperativa.

Não pelo mesmo motivo, a produção de rações animais também está em expansão. No mês de julho, o montante atingiu 2.671 toneladas, 13% a mais em comparação às 2.364 toneladas de junho. Há uma linha específica para bovinos de leite e corte, mas a cooperativa também atende os segmentos de peixes e cães. “Estamos consolidando ganhos de participação no mercado”, enfatiza Murakami. A previsão é fechar o ano com uma produção total de 31.500 toneladas de rações, a mais alta desde que a cooperativa passou a atuar nesse segmento, em 2011.