Notícias

Voltar

Abelhas ajudam a melhorar produtividade dos cafezais

14.03.2018

Experimento no interior de São Paulo comprova que colmeias induzem florada, aumentam rendimentos e melhoram a qualidade dos grãos

A florada de café orgânico este ano em duas fazendas na região da Alta Mogiana (SP) recebeu milhões de convidados muito especiais: 90 colmeias, com aproximadamente 80 mil abelhas cada uma, foram colocadas a menos de 50 metros das plantações dois meses antes da floração. A intenção com o uso da polinização direcionada é elevar a produtividade e a qualidade dos frutos. A interação entre cafeicultores orgânicos e apicultores da região foi conduzida pela bióloga Aline Patrícia Turcatto, doutora em genética e especialista em soluções de polinização. A escolha pelos orgânicos foi para evitar a exposição dos insetos a agrotóxicos, que podem matá-los. “Há culturas altamente dependentes da polinização, como a maçã no Sul do país e o melão no Nordeste, e outras não tão dependentes, como a laranja. O café arábica tem uma dependência moderada, mas pesquisas realizadas no Espírito Santo mostraram que a polinização pode elevar a produção de 10% a 30% , além de dar frutos maiores e de melhor qualidade”, diz a bióloga.

André Luiz da Cunha, que produz 12.000 sacas de café por ano, recebeu 50 colmeias do apicultor José Antonio Monteiro para o teste inicial nos 40 hectares de lavoura orgânica. As mudas foram plantadas há seis anos em meio à sombra dos cedros-australianos e mognos da Fazenda Bela Época, que fica a uma altitude de 1.200 metros, em Ribeirão Corrente (SP). André diz que o aumento de produtividade interessa, é claro, mas seu foco com a parceria é a sustentabilidade da produção, o equilíbrio ambiental.