Notícias

Voltar

Governadora Cida Borghetti visita a Cocamar

23.04.2018

A governadora Cida Borghetti visitou a Cocamar na manhã desta sexta-feira (20) em Maringá, onde foi recebida por dirigentes da cooperativa e conselheiros durante reunião na Associação Cocamar.

Acompanhada do marido, o deputado federal e ex-ministro da saúde, Ricardo Barros, e de vários secretários, Cida foi saudada pelo presidente-executivo Divanir Higino, que destacou ser ela a primeira mulher a governar o Estado. Ao iniciar seu discurso, a governadora disse que pretende realizar um governo que seja integrado ao setor produtivo. “Temos compromisso com a infraestrutura e a logística”, disse, citando como exemplo as melhorias realizadas nos últimos anos no Porto de Paranaguá, hoje um dos principais terminais de embarques de grãos da América Latina. “Só tomaremos as nossas decisões depois de escutar o setor e a sociedade”, enfatizou.



FAMÍLIA - Cida lembrou que há três décadas tornou-se maringaense, passando a integrar uma família que foi pioneira na cidade. E fez especial menção a Odwaldo Bueno Netto - avô de seu marido e do cunhado Silvio Barros (secretário de Desenvolvimento Urbano de seu governo) - destacando ter sido ele um dos fundadores da Cocamar e cooperado de número 1, frisando: “Temos muito orgulho disso”.



A governadora elogiou a cooperativa por suas realizações, bem como o sistema cooperativista paranaense, mencionando que na quinta-feira havia se reunido em Campo Mourão com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, cerca de 50 dirigentes de cooperativas e outras lideranças do setor.



Aproveitando a visita de Cida Borghetti à Cocamar, o presidente do Conselho de Administração da cooperativa, Luiz Lourenço, fez a ela uma reivindicação: a utilização de crédito tributário, na forma de devolução de ICMS, aos produtores. “Atualmente, há mais de 1 bilhão de reais em conta gráfica sem que se consiga acessar”. No mesmo momento, Cida encarregou o secretário Silvio Barros de analisar o pedido.



MARCAS - Antes de partir, a governadora ressaltou ainda a sua preocupação com a formação de novas gerações a partir de cuidados com a primeira infância e a valorização do trabalho feminino, preocupações que, segundo ela, têm sido a marca de seu trabalho desde quando era parlamentar – foi deputada estadual e federal antes de ser convidada a ser vice-governadora na chapa liderada pelo ex-governador Beto Richa. Entre as pessoas que a acompanharam estava a comandante geral da Polícia militar do Paraná, coronel Audilene Dias Rocha, primeira mulher a assumir esse cargo no Estado.