Notícias

Voltar

Chuvas nas regiões produtoras ajudam a safra

18.09.2018

Para quem se antecipou às chuvas e já semeou a safra de soja 2018/19, ou pelo menos parte dela, a expectativa agora é por uma boa germinação. No último domingo (16/9), conforme estava previsto, voltou a chover em praticamente todas as regiões atendidas pela Cocamar, no Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, onde os volumes variaram bastante.

PREPARANDO - Em Floraí, a 50km de Maringá, o cooperado Valdir Barragan estava na última quinta-feira (13/9) preparando as áreas para iniciar a semeadura, que deve acontecer na próxima semana. O filho João Maike trabalha na cidade, mas sempre que pode, ajuda o pai na lavoura. Seu irmão, Walter, estuda agronomia em Maringá.

TECNOLOGIAS - O final de setembro e o início de outubro é o período em que deve ser feita a semeadura na propriedade da família Mancini, em Cambé, próximo a Londrina. O cooperado José Carlos e a esposa Elaine dedicam-se à produção de grãos e, para isso, eles vêm adotando tecnologias sob a orientação da Cocamar. Há dois anos, por exemplo, começaram a plantar capim braquiária em consórcio com o milho de inverno, para proteger o solo com maior volume de palha no verão.

EXPECTATIVA - A orientação da Cocamar tem sido decisiva, também, para o produtor José Cláudio Batista, de Tuneiras do Oeste. Segundo ele, a presença do entreposto da cooperativa no município é importante, com seus profissionais técnicos, na melhoria dos níveis de produtividade. As chuvas amenizaram o período seco e a estimativa de Batista é semear a soja na primeira quinzena de outubro.