Notícias

Voltar

A tradição italiana que se aprimora

19.09.2018

À polenta com frango, prato tão tradicional da família, se juntou o vinho preparado em casa: melhor combinação, impossível

Uma casa cercada de árvores, palmiteiros pupunha e frutíferas, em meio a um amplo gramado e de onde se avista a lavoura nas imediações. Assim é o cantinho da produtora Izabel das Graças Calciolari Souza, moradora na Comunidade Guerra, em Maringá, lugar onde nasceu. Casada com o produtor Dirlei Marcon de Souza e mãe de um casal de filhos, Izabel, assim como o marido, descende de família paulista que, a exemplo de tantas outras, teve sua origem na Itália. Por isso é que as massas não podem faltar no cardápio, embora nos finais de semana, segundo a produtora, as reuniões familiares aconteçam ao redor da churrasqueira.



A Comunidade Guerra é reduto de um grande número de famílias cujos antepassados são italianos: basta conferir os sobrenomes. E muitas delas, diferente do que se vê em outras regiões do município, preferem continuar morando ali, na área rural. Izabel se lembra com saudade dos tempos de menina, quando participava com seus familiares dos eventos religiosos e festas promovidos na Capela Nossa Senhora do Rosário, ao lado do campo de futebol, da antiga escola e do salão de festas onde aconteciam concorridas quermesses e bailes animados. O povo da comunidade continua participativo, sendo famosa, por exemplo, a costelada organizada todos os anos, no mês de junho, e também agora os almoços realizados pelo núcleo feminino da Cocamar, fundado há 8 anos com participantes exclusivamente do Guerra, como o do dia 25 de agosto, em que o cardápio foi porco no tacho, com torresmo e frango assado.



Outras lembranças de sua infância são dos tempos chuvosos em que o avô Raimundo e o pai Remualdo tinham que colocar correntes nos pneus dos veículos para vencer as estradas barrentas, e também que, na cidade, se dirigiam sempre à antiga sede da Cocamar na Avenida Prudente de Moraes. Ali, enquanto o pai tratava de seus negócios, ela aproveitava para degustar “leite” de soja num equipamento que chamavam de “vaca mecânica”. “Era um leite com sabor artificial de banana, cremoso, muito gelado, que as crianças adoravam”, cita. Suas recordações incluem, é claro, as gostosuras preparadas pela mãe Virgínia e a avó Eufrásia no fogão a lenha, com as quais aprendeu desde cedo a cozinhar.



Entre as muitas delícias que sabe elaborar estão frango desossado e recheado com presunto, muçarela, vagem etc, e pupunha ao forno com azeite e sal. Mas a receita que conserva com especial carinho é da refeição mais tradicional: polenta minestra (mais mole) incrementada com frango caipira. A produtora diz não dispensar o fubá caipira, pois só ele confere aquele sabor de antigamente.



Após o casamento com Dirlei, a minestra ganhou um acompanhamento especial: o vinho tinto que ele mesmo prepara a partir dos ensinamentos transmitidos pelo seu pai Dirvail. A combinação é perfeita e, em casa, nunca falta o vinho caseiro que, na opinião de alguns amigos, deveria ser comercializado, de tão bom.







POLENTA INCREMENTADA

COM FRANGO CAIPIRA



INGREDIENTES/MINESTRA



- Óleo de girassol ou canola

- 2 dentes de alho

- ½ cebola grande picada

- 2 copos americanos de fubá

- 1 litro de água à temperatura normal

- 1 tablete de caldo de galinha

- requeijão

- cebolinha a gosto

- sal a gosto



MODO DE FAZER



Fritar os dentes de alho em óleo e, em seguida, acrescentar a cebola picada, refogando para receber a água e o fubá. Ponha o caldo de galinha e mexa até engrossar. Quando atingir o ponto, desligue o fogo e inclua o requeijão e a cebolinha.



INGREDIENTES/FRANGO



- Frango de 1,5kg;

- alho, sal e pimenta do reino;

- 4 tomates sem pele e sem sementes;

- 1 colher de colorau;

- 1 cebola média picada;

- cheiro verde a gosto

- manjericão a gosto;



MODO DE FAZER



Colocar o alho em óleo para fritar, incluindo depois o frango, os tomates, o colorau, a cebola e demais.



O prato pode ser acompanhado de arroz branco e salada. Izabel costuma servir uma salada temperada com mel, limão, azeite e sal.