Notícias

Voltar

O prato que conta uma história familiar

08.10.2018

A receita tradicional, que não pode faltar na mesa da família, em Iporã

Cozinhando para sua família desde os 9 anos, numa época em que todos trabalhavam na lavoura, Odete Bertola Polo descende de imigrantes italianos, a mesma origem dos familiares do marido, Hélio, com quem se casou em Iporã (PR), no ano de 1973. O casal tem três filhas (Nívea, Neila e Hélia) e 3 netos.

Fazendo jus aos costumes de seus ascendentes, que se tornaram comuns por aqui, Odete lembra que a tradição na casa dos pais Pedro e Clarice era ter sempre polenta à mesa, acompanhada de frango caipira. Um prato que se adaptou rapidamente ao gosto dos brasileiros, por ser nutritivo, prático e muito gostoso. Mas não era só: no sítio, o abate do suíno envolvia todo o pessoal no preparo da carne, fritada em tachos e guardada em meio à banha, na lata. Teresa, a mãe de Hélio, também fazia muito isso e a carne ia sendo apreciada aos poucos. Tudo, na propriedade, era aproveitado. Plantavam-se cereais nas ruas de café, havia horta, pomar, o leite dava origem a diversos produtos, e os doces, compotas, conservas e sucos faziam parte do dia a dia. Uma época em que muitas famílias conviviam no campo, em colônias, desfrutando da amizade e cordialidade típicas de um povo trabalhador e acolhedor.

Com o declínio do café e o avanço das pastagens, muita gente acabou indo embora para outras regiões do país, em busca de melhores perspectivas. Em 1984, foi a vez de Hélio e Odete, que seguiram para Rondônia, onde ele foi empreender no comércio de cereais. Até que, em 2011, realizaram o sonho de retornar a Iporã, onde já haviam comprado uma propriedade em 2007, na qual se dedicam à produção de eucaliptos, pecuária e ainda possuem uma área que foi arrendada para o cultivo de soja. Tanto na casa que habitam na cidade, quanto no sítio, que fica bem próximo, há um agradável espaço para as reuniões da família, possibilitando à Odete e suas filhas prepararem os pratos de que tanto gostam, entre os quais a polenta acompanhada de frango caipira e incrementada de quiabo, do jeito que se fazia antigamente, em meio a muitas lembranças.

POLENTA, QUIABO E

FRANGO DE DONA ODETE


COMO FAZER

POLENTA

- 2 copos de fubá

- 1 pedra de caldo de galinha dissolvida em água

- Coloque uma chaleira de água para ferver, só até atingir o ponto de fervura.

- Faça o cozimento em banha de porco e fogo baixo, por 1 hora, mexendo. A polenta não vai empelotar.


QUIABO

- 1kg de quiabo cortado em pequenos pedaços

- sal a gosto

- alho frito

- 1 cebola picada

- 3 tomates sem pele e sem sementes

- Coloque todos os ingredientes para cozinhar em uma panela, até atingir o ponto ideal de consumo.

FRANGO

- Coloque o frango caipira em pequenos pedaços, numa vasilha

- Use uma chaleira de água fervente para escaldar

- escorra a água e coloque o tempero (uma pitada de sal e de pimenta do reino, um pouquinho de vinagre e açafrão a gosto)

- Coloque numa panela com banha de porco, alho a gosto e cebola picada

- Ponha o frango junto, para refogar, acrescentando pequenas porções de água, para cozinhar. O tempo de cozimento é de aproximadamente 1 hora.