Notícias

Voltar

Embrapa se soma ao Rally Cocamar de Produtividade

26.10.2018

Sinergia entre a cooperativa e a instituição viabiliza trabalho inédito que vai avaliar a qualidade física, química e biológica do solo em propriedades rurais

A Cocamar e a Embrapa Soja deram início na segunda-feira (22) a um projeto inédito no Brasil para avaliar a qualidade física, química e biológica do solo, em propriedades rurais de diferentes regiões atendidas pela cooperativa, no Paraná.

INSERIDO - Idealizado pela Embrapa, o trabalho foi inserido no calendário da quarta edição do Rally Cocamar de Produtividade, Safra 2018/19, realizado pela cooperativa, que começou na semana passada.

FORD - Formada por técnicos da cooperativa e da Embrapa, com a participação de uma aluna de doutorado Universidade Estadual de Londrina (UEL), a equipe utiliza uma das unidades do Rally: a picape Ford Ranger Limited, cedida pela concessionária Ford Center que, ao lado das empresas Spraytec e Basf, é patrocinadora máster do Rally.

SINERGIA - De acordo com o pesquisador Henrique Debiasi, da Embrapa Soja, o trabalho pioneiro é resultado da sinergia que há entre aquela empresa e a Cocamar. “A ideia nasceu com o pesquisador Júlio Franchini e foi abraçada pela cooperativa, que se dispôs a custear as despesas da realização e também a indicar produtores em sua região, os quais abriram as portas de suas propriedades para que possamos fazer as análises”, afirma.

AVALIAÇÃO - Debiasi explica que as análises vão possibilitar uma avaliação detalhada dos níveis de infiltração em vários tipos de solos, inclusive naqueles onde são conduzidos programas de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) e consórcio milho e braquiária. “Trata-se de um trabalho de grande magnitude e importância. No país, se conhece muito pouco, ainda, sobre a capacidade de infiltração de água no solo e esse trabalho, com certeza, será uma referência”, acrescenta o pesquisador, observando, também, que a avaliação vai permitir diferenciar os manejos de solo que são conduzidos com qualidade. Os trabalhos incluem a realização do Diagnóstico Rápido de Estrutura do Solo (Dres), além de coleta de solo para análises química, física e biológica e medição do volume de palha.

PONTO EM COMUM - O gerente técnico da Cocamar, Renato Watanabe, destaca que tanto os campeões de produtividade da cooperativa quanto aqueles produtores que se sobressaem ao longo do ano por suas médias elevadas, apresentam um ponto em comum: o manejo adequado do solo, visando elevados patamares e estabilidade de produção. “O trabalho realizado em parceria com a Embrapa quer mostrar como esse manejo influencia na capacidade de produção. Estamos visitando diferentes ambientes de produção e analisando diferentes formas de manejo, para saber como o solo consegue absorver mais água e ter melhor estrutura física”.

ETAPAS – Em sua fase inicial, o trabalho terá quatro semanas de duração. De segunda a quarta-feira desta semana, com o acompanhamento do coordenador técnico da Cocamar, Rafael Furlanetto, foi visitado o município de Iporã; de 29 a 1º de novembro, o grupo estará em Florai, Maringá e São Jorge do Ivaí. Os trabalhos estão sendo programados, também, nas regiões de Primeiro de Maio, Sertanópolis, São Sebastião da Amoreira e Santa Cecília do Pavão, em períodos ainda a serem definidos. Numa segunda etapa, as informações vão ser levadas aos produtores por meio de dias de campo.

MARCAS - O Rally Cocamar de Produtividade conta, também, com o patrocínio das empresas Texaco Lubrificantes, Sancor Seguros, Estratégia Ambiental, Agrosafra, Sicredi e Cocamar TRR, com o apoio da Unicampo, Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb) e Aprosoja-PR.