Notícias

Voltar

Cocamar recebe prêmios importantes

01.11.2018

Outubro terminou com reconhecimentos importantes à Cocamar. Na segunda e terça-feira (respectivamente, dias 29 e 30/10), a cooperativa foi destacada em duas concorridas premiações.

GESTÃO DE FROTAS - A primeira foi ter ficado na décima sexta posição entre 100 finalistas que melhor fazem a gestão de frotas na América Latina, uma iniciativa da Nafa Institute & Expo em parceria com o Instituto Parar, realizada durante o congresso WTM18, em São Paulo, do qual participam representantes de vários países.

SOMOSCOOP - A outra, o segundo lugar no Prêmio Somoscoop 2018, categoria Desenvolvimento Sustentável, concedido em Brasília pelo Sistema Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

DESTAQUE - Em relação ao “The 100 Best Fleet”, que avaliou as 100 melhores companhias da América Latina em gestão de frotas, o gerente de Armazenagem e Transporte da Cocamar, Ezequiel Scopel, observa ser “um reconhecimento aclamado pelas empresas que realizam a gestão de frotas. Para concorrer, elas enviaram seus projetos na área de mobilidade segura e inteligente e foram escolhidas as que mais se sobressaíram na gestão embasada na cultura da segurança, mobilidade, política de frotas e gestão sustentável”. O gerente fez a apresentação do case “Vida Segura na Condução de Veículos” da Cocamar em dois momentos durante o WTM18, nos quais foram abordados os temas “Conexão e Mobilidade – a integração de dois mundos” e “Segurança e Gestão de Frotas: o valor à vida como propósito maior”.

SUSTENTÁVEL - Já o segundo lugar no Somoscoop se deve à preocupação da Cocamar em tornar a sua indústria de fios cada vez mais sustentável. Fios diferenciados sustentáveis de PET, Revival (desfibrados)e de algodão certificado abastecem as principais companhias têxteis do país “e possibilitam que o consumidor tenha um olhar mais consciente sobre o mercado da moda”, afirma o gerente de Negócios Fibras e Café, Nilton Perazollo de Camargo. Para se destacar e sobreviver em um mercado competitivo, a Cocamar decidiu inovar em sua indústria de fios têxteis quando, há quase 20 anos, a cultura do algodão, até então a única matéria-prima, deixou de ser viável no Paraná, Estado que liderava a produção nacional. Atualmente, a unidade da cooperativa em Maringá (PR) se sobressai entre as mais sustentáveis em seu segmento no país.