Notícias

Voltar

O objetivo da Cocamar ao investir em sementes

01.03.2019

Ao expandir em 2010 a sua operação para a região norte do Paraná, a Cocamar vislumbrou a oportunidade de investir na produção de sementes de soja e trigo, onde a altitude de alguns municípios é favorável. A cooperativa deu início à atividade em 2018, após adquirir uma Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) em São Sebastião da Amoreira, a 96km de Londrina.

SUPORTE - Atualmente são 71 produtores especializados naquele município e adjacências, que trabalham na multiplicação e oferecem suporte à demanda da Cocamar, da ordem de 300 mil sacas só de sementes de soja.

FATOR CLIMÁTICO - No ciclo 2018/19, ora em colheita, o clima adverso em grande parte das regiões norte e noroeste, nos meses de dezembro e janeiro, prejudicou a produtividade das lavouras, afetando também campos de produção de sementes.

NÃO PREOCUPA - De acordo com o superintendente de Negócios, Grãos e Insumos, Arquimedes Alexandrino, uma possível redução da oferta de sementes, nas regiões da cooperativa, não deve preocupar os cooperados. Ele explica que nem todos os campos apresentam perdas, pois as épocas de plantio são diferentes e as lavouras semeadas mais tardiamente, de ciclo mais longo, sofreram menos com as intempéries. Além disso, a Cocamar mantém parcerias com empresas e produtores de outras regiões do Paraná, bem como de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde o clima nesta temporada 2018/19 tem apresentado normalidade. “O produtor pode ficar tranquilo”, assinalou Alexandrino.

QUALIDADE - O superintendente ressaltou ainda que o ingresso da cooperativa no segmento de sementes se deve à preocupação de oferecer um insumo de alta qualidade aos produtores. Com a sua UBS em São Sebastião da Amoreira, está sendo possível também oferecer materiais novos e um leque maior de variedades.