Notícias

Voltar

Tecnologia e capricho fazem diferença no resultado da soja

13.03.2019

Lavouras de soja altamente produtivas mesmo em um ano atípico, com estiagem e altas temperaturas. Isto foi o que o Rally Cocamar de Produtividade encontrou na terça-feira (12) em Tamarana, município da região de Londrina.

CUIDADOS - O curioso é que as lavouras com desempenho bem acima da média regional estão praticamente ao lado de outras que não apresentam o mesmo desenvolvimento e produtividade. “Choveu um pouco mais aqui ou ali, mas o diferencial está nos cuidados dispensados pelos produtores”, afirma o gerente da unidade local da Cocamar, Wagner Luiz Leodoro.

MÉDIA - A família Barbosa é uma das que se destacam na aplicação de tecnologias e no acompanhamento à cultura, para tentar garantir os melhores resultados. “Esse foi um ano difícil para todo mundo, o clima castigou, mas não podemos nos queixar”, afirma o produtor Edson Barbosa que, ao lado dos filhos Helder e Emerson, espera terminar a colheita com uma média ao redor de 150 sacas por alqueire (61,9 sacas/hectare).

DIFERENÇA - O gerente Wagner relata que os Barbosa estão entre aqueles que, com capricho, se preocupam com cada detalhe. “Isso faz diferença”, comenta o engenheiro agrônomo Vinícius Arantes, da cooperativa, que presta orientação técnica à família. A média de produtividade no município de Tamarana deve ficar este ano entre 120 e 130 sacas por alqueire (49,5 a 53,7 sacas/hectare).

CIRCUITO – Divulgando as boas práticas, o Rally Cocamar de Produtividade acompanha todo o ciclo da safra de soja 2018/19 e conta com o patrocínio das empresas Ford Center, Spraytec e Basf, o patrocínio institucional da Agrosafra, Estratégia Ambiental, Sancor Seguros, Sicredi, Texaco Lubrificantes e Cocamar TRR. Apoiam a iniciativa a Aprosoja/PR, o Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb) e a Unicampo.