Notícias

Voltar

Chuvas favorecem milho mais atrasado

07.06.2019

As chuvas intensas do último final de semana, em todas as regiões produtoras da Cocamar, contribuíram para a manutenção do potencial produtivo das lavouras de milho nas regiões atendidas pela cooperativa, beneficiando em especial as que se encontram com o ciclo mais atrasado, nos municípios do entorno de Londrina.

Nas áreas de atuação da Cocamar – nos Estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul – a colheita já chega a 5% do total, com uma média inicial de 230 sacas por alqueire (95 sacas/hectare), número que deve cair e oscilar, até o final, entre 200 e 195 sacas por alqueire (82,6 a 80,5 sacas/hectare), segundo informações do departamento técnico.

Nos municípios de Floresta e Ivatuba, próximos a Maringá, com cerca de 8% da safra colhidos, alguns produtores que semearam mais cedo e cujas lavouras sofreram menos com as adversidades, estão alcançando entre 280 e 300 sacas por alqueire (115 a 123 sacas/hectare), sendo que uma unidade do Paps (Programa de Aumento de Produtividade Sustentável) em Floresta – mantida pela cooperativa em parceria com um produtor - registrou mais de 400 sacas/alqueire (165 sacas/hectare). A tendência é que, com o desenrolar da colheita, a se intensificar na segunda quinzena deste mês, os números diminuam.