Notícias

Voltar

Seca traz risco de incêndio em propriedades rurais

12.08.2019

A estiagem de várias semanas está comprometendo ainda mais a produtividade das lavouras de trigo – que já sofreram perdas com a geada do início de julho – em vários municípios do norte e noroeste do Paraná. Em Apucarana, por exemplo, o frio forte afetou em 25% a expectativa de produtividade e agora a seca deve ampliar esse percentual que os técnicos só vão ter condições de avaliar, com mais precisão, em breve.

FOGO - A falta de chuvas traz outra preocupação aos produtores: o risco de incêndios, especialmente em propriedades situadas às margens de rodovias. Se lançada numa vegetação seca, uma simples bituca de cigarro pode promover uma grande queimada.

BAIXA UMIDADE - No último final de semana, um incêndio destruiu rapidamente lavouras de milho e pastagens no município de Ângulo, próximo a Maringá. Produtores contabilizam prejuízos e se mantêm em alerta, pois as condições atmosféricas, com baixa umidade do ar nos últimos dias, também contribuem para isso.

CHUVAS - A torcida é para que as regiões recebam chuvas em bom volume nas próximas semanas e, principalmente, em setembro, quando inicia a semeadura da safra de soja 2019/20.