Notícias

Voltar

Safra excelente, mas poderia ter sido superior

23.03.2020

A safra de soja em fase final de colheita nas regiões atendidas pela Cocamar é uma das maiores de todos os tempos, comparável a da temporada 2016/17, que ficou marcada pela alta produtividade. De acordo com o Departamento Técnico da cooperativa, 90% dos trabalhos estavam concluídos até a última segunda-feira (16/3) e a média era de 3.348 quilos por hectare, superior aos 3.204 projetados.

Contudo, segundo a área técnica, não fosse por problemas como atrasos no plantio, estandes desuniformes, períodos prolongados de estiagens e altas temperaturas que causaram abortamento de vagens e redução do peso dos grãos, afetando a média geral, os números deste ano seriam ainda melhores.

A colheita está sendo mais tardia no sul do Mato Grosso do Sul, onde a cooperativa possui unidades. Até o início da semana cerca de 70% da operação haviam sido realizados. “Não foi um ano como esperávamos”, comentou o produtor Roberto Batalini, de Marialva (PR), que produz soja também em Nova Andradina (MS). Ele disse ao Rally Cocamar que embora suas lavouras tenham produzido bem, o potencial foi prejudicado por estiagens no início e também na fase final do ciclo. “Tivemos que fazer replantios em algumas áreas e, em dezembro, teve uma seca forte”, comentou.

Em relação ao plantio de milho de inverno, a área técnica informa que os trabalhos estão atrasados por conta da estiagem das últimas semanas e o Zoneamento Agrícola termina entre os dias 10 e 20 deste mês. Oitenta por cento do total previsto foram plantados até o momento nas regiões da Cocamar, mas no sul do Mato Grosso do Sul, onde a cooperativa possui unidades, o percentual ainda beira os 30%.