Notícias

Voltar

Em tempos de Covid-19, Cocamar treina equipes por videoconferência

14.04.2020

Treinamentos com engenheiros agrônomos da Cocamar que, em tempos de Covid-19, não podem ser presenciais, estão sendo promovidos pela cooperativa e seus parceiros por meio de videoconferência.

É dessa forma que 35 profissionais de unidades localizadas em regiões de solo arenoso, nos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, vêm participando de aulas ministradas todas as quintas-feiras, das 14 às 16h, por especialistas da Embrapa Pecuária Sudeste, sobre o tema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). Em paralelo, outros 10 engenheiros-trainee estão sendo capacitados por especialistas desde o final de março, em quatro aulas online, também de duas horas por semana, a respeito de posicionamento técnico quanto a defensivos agrícolas e fertilizantes.

O coordenador de ILPF na Cocamar, engenheiro agrônomo César Gesualdo, explica que aquele primeiro treinamento já estava programado há meses, subdividido em três módulos com a duração de 16 horas cada. Mas para que as aulas não fiquem cansativas e tenham melhor aproveitamento, o primeiro foi segmentado em duas horas semanais.

PECUÁRIA – O responsável técnico pelo programa, o analista de transferência de tecnologias da Embrapa Pecuária Sudeste, Hélio Omote, explica que o treinamento está voltado basicamente para atualização de temas relacionados à pecuária de corte. Segundo ele, iniciativas assim são oferecidas pela internet desde 2015, mas no caso do atual treinamento com a equipe da Cocamar, o mesmo havia sido formatado para ocorrer presencialmente. A expectativa dele é que apenas o primeiro módulo seja realizado por videoconferência, contando, é claro, que a pandemia do novo coronavírus chegue ao fim.

CONHECIMENTO - Por ora, a agenda de treinamentos à distância segue crescendo. O gerente técnico Rafael Furlanetto diz que a área técnica avalia promover por esse sistema outros treinamentos que já acontecem presencialmente na cooperativa. Entre eles, a capacitação anual de toda a equipe técnica, na qual o departamento oferece uma grade de palestras técnicas com a participação de pesquisadores e parceiros, abordando temas diversos. A tecnologia não é novidade na cooperativa, cujas estruturas de atendimento estão localizadas num raio de 300 quilômetros de Maringá, sendo rotineiramente empregada para a organização de reuniões virtuais entre gestores, lançamentos de campanhas, mensagens interativas da diretoria junto aos produtores cooperados nas unidades e palestras com especialistas.