Notícias

Voltar

Pomares carregados na propriedade dos Radade

29.06.2020

Quem visita o pomar de laranjas da família Radade, em Nova Esperança, a 40 quilômetros de Maringá, fica impressionado ao ver como as plantas se encontram carregadas e sadias, até mesmo com um baixo índice de greening, a doença mais letal da cultura, que tem ocasionado danos nas regiões produtoras.

No caso dos Radade, a boa situação é resultado de gestão, conforme explica a engenheira agrônoma Amanda Carolina Zito, da Cocamar, que faz o acompanhamento especializado.

A família implantou seus pomares em 2004 e, de lá para cá, vem se destacado na atividade, tanto que o local tem sido utilizado, ao longo dos anos, como uma vitrine em dias de campo promovidos pela cooperativa.

“A produção de laranjas é um negócio interessante, que tem valido a pena”, comenta o produtor Rafael Radade, participante do grupo de assistência técnica personalizada mantido pela Cocamar.