Notícias

Voltar

Cocamar recebe o maior volume de soja da história

16.04.2021

Restando poucas regiões para o fim da colheita de soja da safra 2020/21, a Cocamar Cooperativa Agroindustrial já recebeu o maior volume de sua história, superior a 29 milhões de sacas e 60kg, próximo a 1,7 milhão de toneladas.

Terminando - Na maior parte dos municípios que integram a área de atuação da cooperativa, nos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, a operação foi concluída em março, mas ainda há áreas a serem colhidas, por exemplo, no oeste paulista, com previsão de término nesta semana.

Recordes regionais - O ano de recebimento histórico de soja na Cocamar é marcado por recordes em muitas das cerca de 90 unidades operacionais da cooperativa. Duas delas, em especial: Nova Andradina (MS), que chegou na terça-feira (13/4) a 110 mil toneladas entregues pelos produtores, e Iepê (SP), já com 104 mil e que deve fechar a safra em 120 mil toneladas.

Na frente - As estruturas de Nova Andradina e Iepê lideram em quantidade de recebimento de soja na Cocamar, sendo que a do município sul-matogrossense tem ficado na frente nos últimos anos no ranking entre todas as unidades da cooperativa. Na cidade paulista o avanço em volume se deve em grande parte ao programa de renovação de áreas de canaviais mantido pela Cocamar em parceria com três usinas e que nesta safra passou de 25 mil hectares.

Forte expansão - O gerente executivo com operação de produtos e obras, Márcio Kloster, comenta que o recebimento de soja nas unidades situadas no estado de São Paulo apresenta expansão de 60% em comparação aos números do ano passado, e de 25% no Mato Grosso do Sul. Neste último estado, inclusive, ele menciona o expressivo volume registrado em Naviraí, onde a Cocamar mantém operação de recebimento em parceria com uma cooperativa local. Foram mais de 300 mil sacas até agora, aproximadamente 18 mil toneladas.

Maior participação - Wagner Carvalho, gerente da unidade de Nova Andradina, cita que a cooperativa vem, ano a ano, aumentando sua participação de mercado, “fruto da ativa participação dos produtores, que confiam nos bons serviços prestados pela cooperativa”.