Notícias

Voltar

Concessionária é destaque em ação da John Deere

30.06.2021

A concessionária Cocamar John Deere foi destaque em uma recente ação desenvolvida pela John Deere, a Jornada do Engajamento do Suporte Conectado. Nela, todos os concessionários do país compartilharam casos com clientes relacionados ao Centro de Soluções Conectadas (CSC), relatando benefícios oferecidos pelo atendimento prestado remotamente a clientes que investem na conectividade das máquinas. Representando a Cocamar Máquinas, o supervisor do CSC, André Payão Aguilera, foi um dos quatro premiados no Paraná.

MTG - O pacote de conectividade é oferecido para proprietários de máquinas que possuem MTG, um hardware através do qual, com a conectividade, se torna possível prestar a eles um serviço de monitoramento remoto. “A MTG, por meio do sinal do aparelho celular da mesma rede 4G, tem acesso aos dados das máquinas utilizando a plataforma digital JDLink, da John Deere”, explica Aguilera.

Atendimento remoto - “Basicamente, o que eu fiz nesse trabalho foi relatar um serviço que fizemos para um cliente, mostrando o ganho de valor que ele obteve”, conta. Esse cliente possui 14 equipamentos conectados, dos quais 7 tratores e 7 pulverizadores, que nos meses de fevereiro, março e abril deste ano receberam atendimento remoto por parte da concessionária. Na aquisição de uma máquina, o comprador ganha o pacote de conectividade por um ano.

Todos equacionados - Aguilera detalha que naquele período as máquinas do cliente receberam, no total, 30 atendimentos prestados à distância, que totalizaram 1,2 mil minutos, entre ligações telefônicas e conexões com os equipamentos. “Todos os atendimentos foram equacionados remotamente”, explica. Desses, 5 referiam-se a máquinas que, por algum problema, haviam parado de operar, e 25 resultaram de dúvidas que levavam a um mau desempenho, como a não funcionalidade de alguma tecnologia.

Comparativo - O supervisor do CSC fez então um comparativo para demonstrar as vantagens do atendimento remoto em relação ao presencial. Enquanto a presença física de um técnico na propriedade demandaria tempo, deslocamento e outros custos estimados em mais de R$ 12,7 mil, no pacote de conectividade, que custa R$ 56,25/mês por equipamento, o desembolso do cliente não passa de R$ 9.674/ano – o correspondente a R$ 806,22/mês na soma dos 14 equipamentos.

Valor - “Em apenas três meses, a tecnologia se pagou, deu um ganho superior a R$ 3 mil e o produtor ainda teve mais nove meses para ampliar seus benefícios”, diz Aguilera, completando: “o que eu fiz para receber a premiação foi estruturar e relatar esse caso, elaborado para poder mostrar o enorme valor que o pacote de conectividade traz de benefício real para o cliente na ponta”.