Bem-Vindo, ao Jornal Cocamar!

Outubro pode bater recorde em volume de chuva desde 2007

O mês de outubro está atingindo volumes históricos de chuvas e este assunto foi abordado em uma viagem do Rally Cocamar de Produtividade, nesta semana.

Em Doutor Camargo, a 30km de Maringá, até quinta-feira (28/10) havia chovido 440 milímetros – a maior quantidade desde janeiro de 2007, quando os pluviômetros registraram 450 mm. E como há previsão de mais precipitações para o final de semana, outubro pode bater o recorde do período. Quem faz um detalhado acompanhamento de chuvas, há 21 anos, é o cooperado da Cocamar, Jorge Pedro Frare, produtor de soja e milho. Suas informações, inclusive, são utilizadas oficialmente.

Danos – As volumosas chuvas do mês têm impactado na agricultura, provocando erosão com as enxurradas que deixam um rastro de destruição e levam embora a camada mais fértil do solo. Além disso, a quantidade de água ocasiona o que os técnicos chamam de lixiviação – o derretimento dos fertilizantes que são levados para camadas inferiores do solo. A umidade excessiva, também, favorece o desenvolvimento de um fungo que causa a morte das plantas. Tudo isso sem esquecer dos estragos deixados pelos temporais, os ventos fortes e, principalmente, das tempestades de granizo.

Solos protegidos – O engenheiro agrônomo Fernando Smith, da unidade local da Cocamar, explica que este é um momento em que se pode ver a importância das boas práticas. Em solos bem protegidos com palhada, no caso a cobertura de braquiária, praticamente não são observados problemas com a erosão, tendo havido, ainda, baixa incidência de ervas de difícil controle – diferente do que se viu em solos desprotegidos. “A cobertura dificulta a formação de enxurradas, absorve a água, retém umidade e inibe o desenvolvimento de ervas”, comenta.

Previsão – Contatado pelo jornalista Sérgio Mendes, do RIC Rural, que acompanha o Rally, o meteorologista Luiz Renato Lazinski, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), informa que a predominância do fenômeno climático La Niña poderá trazer menos quantidades de chuvas que o normal durante o ciclo de verão 2021/22, sobretudo entre os meses de novembro e janeiro.

Sobre o Rally

O Rally Cocamar de Produtividade, em sua sétima edição consecutiva, conta com o patrocínio das seguintes empresas: Basf, Fairfax do Brasil – Seguros Corporativos, Fertilizantes Viridian, Zacarias Chevrolet e Sicredi União PR/SP (principais), Cocamar Máquinas, Lubrificantes Texaco, Estratégia Ambiental e Irrigação Cocamar (institucionais), com apoio da Aprosoja/PR, Cesb e Unicampo.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on telegram
Share on tumblr
gdpr-image
Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao usar este site você concorda com nossos Política de Proteção de Dados.

Links Úteis

Institucional

SOCIEDADE RURAL DO PARANÁ
www.srp.com.br
 
GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ
 
BNDES
 
FLAMMA

Bioenergia / Turismo

RETUR (REDE DE TURISMO REGIONAL)
www.retur.com.br
 

Agricultura

 
SECRETARIA DE AGRICULTURA
E ABASTECIMENTO (SEAB)
 
EMATER

Central de Atendimento

Contato: André Bacarin

    Acesse o mapa para ver nossa localização