Bem-Vindo, ao Jornal Cocamar!

Dia de Campo sobre ILPF em Presidente Bernardes

No dia anterior à inauguração da unidade da Cocamar em Mirante do Paranapanema, o Rally participou de um dia de campo sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) na propriedade da família Neves Baptista em Presidente Bernardes – município vizinho a Presidente Prudente – com a participação do secretário de Agricultura e do Abastecimento do Estado de São Paulo, Itamar Borges.

Rede ILPF – Além do presidente do Conselho de Administração da Cocamar, Luiz Lourenço, e de Itamar Júnior, diretor-executivo da Soesp Sementes – que integram a Associação Rede ILPF, organizadora do evento – participaram técnicos e especialistas, produtores e também o diretor da Seab, Francisco Maturro, que acompanhou o secretário.

Desde 2016 – A Integração Lavoura-Pecuária (ILP) é praticada desde 2016 sob a orientação do engenheiro agrônomo André Longen no conjunto de quatro propriedades com 2.058 hectares de área total. Em cinco anos de produção de soja, nessa fase de introdução do programa, o investimento foi de R$ 2,304 milhões, para uma receita de R$ 2,617, resultando e um saldo positivo de R$ 312 mil. Já a pecuária, com a melhoria do solo, a média de ocupação de 2,8 cabeças por hectare em 2015, saltou para 4,3 cabeças por hectare em 2018, um salto de 54%.

Veio para ficar – De acordo com o produtor Rômulo Neves Baptista, a integração “é um processo que veio para ficar e estamos dando um passo de cada vez, pois tudo é novo”. Segundo ele, a tendência é ampliar gradualmente as áreas de reforma de pastagens.

Potencial – Para o presidente do Conselho de Administração da Cocamar, Luiz Lourenço, a integração se encaixa como uma luva na região oeste paulista, pelo seu potencial e por apresentar topografia plana, avançando sobre pastagens degradadas e de baixa produtividade. “É a transformação da agropecuária regional para um modelo moderno e altamente produtivo”, disse Lourenço. A produção de arrobas de carne, por exemplo, que fica na faixa de 3 por hectare, pode subir para mais de 20 em sistemas integrados, sem deixar de lado o viés ambiental, com a fixação de carbono no solo.

Em sintonia – Depois de assistir a apresentação, o secretário Itamar Borges disse ter se impressionado com o que encontrou na região, frisando que uma agropecuária desenvolvida e forte é sinônimo de mais qualidade de vida para as cidades. “A integração está em plena sintonia com o plano de desenvolvimento que o governo de São Paulo traçou para esta região e que prevê, entre outros aspectos, a maior geração de riquezas no campo”, completou.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on telegram
Share on tumblr

Artigos Relacionados

gdpr-image
Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao usar este site você concorda com nossos Política de Proteção de Dados.

Links Úteis

Institucional

SOCIEDADE RURAL DO PARANÁ
www.srp.com.br
 
GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ
 
BNDES
 
FLAMMA

Bioenergia / Turismo

RETUR (REDE DE TURISMO REGIONAL)
www.retur.com.br
 

Agricultura

 
SECRETARIA DE AGRICULTURA
E ABASTECIMENTO (SEAB)
 
EMATER

Central de Atendimento

Contato: André Bacarin

    Acesse o mapa para ver nossa localização