Notícias

Voltar

Antecipar compra de insumos foi vantajoso aos cooperados

27.07.2021

A antecipação das vendas de insumos para a safra de inverno 2022, promovida pela Cocamar nos últimos meses, tem obtido grande adesão por parte dos produtores cooperados.

Planejamento - De acordo com o gerente executivo de Insumos, Geraldo Amarildo Ganaza, embora a campanha de vendas esteja mantida, como é tradição, para este segundo semestre, a antecipação dos negócios resulta de um planejamento efetuado pela área comercial junto aos fornecedores da cooperativa, permitindo assim ofertar insumos aos cooperados em condições que deixam o custo de produção na menor relação dos últimos anos.

Volumes limitados - Isso, segundo o gerente executivo, tem atraído o produtor a antecipar negócios mesmo antes da realização da campanha, lembrando que os volumes de produtos nestas condições são limitados.

Precaução - Além do custo-benefício bastante favorável, a antecipação é estratégica. “A pandemia trouxe dificuldades para a obtenção de matérias-primas a algumas cadeias, além do risco de gargalos logísticos. Neste momento de alta volatilidade dos preços, tanto de insumos quanto de commodities, é ainda mais necessário e prudente que os produtores se precavenham” complementa.

Custo menor - “Os produtores que estão buscando a antecipação têm conseguido fazer um excelente negócio”, menciona Ganaza, ressaltando que os preços praticados nos últimos meses se encontravam em patamares inferiores aos atuais, o que significa um custo de produção menor. “Conseguimos negociar bem com os fornecedores e estamos transferindo as vantagens financeiras aos cooperados.”

Preços maiores - Segundo ele, a forte variação cambial em 2020, com a valorização do dólar frente a moeda brasileira e a escassez de produtos, tem agora os seus efeitos, que vão pesar um pouco mais no bolso. “O produtor que ainda não adquiriu os insumos para a safra de verão 2021/22, por exemplo, deixou escapar uma boa oportunidade e terá que trabalhar agora com valores mais elevados, o que vai impactar nos seus custos de produção”, completa o gerente executivo.